(11) 9.7465-0738  –  (11) 4056-5999

Entenda por que devemos usar o fotoprotetor mesmo dentro de casa

Além do sol, as luzes artificiais, presentes nos aparelhos eletrônicos como smartphones, tablets, computadores e televisores, também são nocivas para a pele.

Já é de conhecimento geral a necessidade do uso de protetores solares faciais no dia a dia para prevenir o envelhecimento da pele, o surgimento de manchas e rugas e evitar doenças como o câncer de pele. Mas durante o isolamento social, essa prática pode ser deixada de lado, uma vez que a exposição solar e o contato com o ambiente externo são reduzidos.

Contudo, saiba que mesmo dentro de casa a nossa pele fica exposta aos efeitos danosos dos raios UVA e UVB, seja pelos raios solares que atravessam as janelas ou mesmo por causa das luzes artificiais, presentes nos aparelhos eletrônicos como smartphones, tablets, computadores e televisores. “Estudos recentes demonstraram que, dentro do espectro de luz visível, a luz azul é a mais prejudicial. Além de piorar ou induzir a pigmentação da pele e do melasma, a luz azul também danifica a produção de melatonina, causando alterações no sono, e a saúde ocular”, explica o dermatologista Cristiano Horta, consultor da marca espanhola ISDIN.

Por isso, é muito importante que a rotina de fotoproteção seja mantida, mesmo dentro de casa, afinal, é isso que vai proteger a pele dos raios UVA, UVB e também da luz azul – emitida pelas telas dos aparelhos eletrônicos.

Como escolher um protetor solar?

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, primeiramente é preciso verificar o FPS do produto, qual a proteção em relação aos raios UVA (PPD) e também se é resistente à água. Para proteger a pele dos raios UVA e UVB, você deve usar um FPS 30 ou superior.

O “veículo” do produto – gel, creme, loção, spray, bastão – também deve ser considerado, pois isso ajuda na prevenção de acne e oleosidade, comuns quando se usa produtos inadequados para cada tipo de pele. Pacientes com tendência à acne devem optar por produtos livres de óleo ou gel creme. Já aqueles pacientes que fazem muita atividade física e que suam bastante, devem evitar os géis, que saem facilmente.

Como usar o protetor solar?

A melhor maneira de utilizar um protetor solar é aplicando-o 30 minutos antes de sair de casa. Mas se for ficar em casa, aplique pela manhã e reaplique a cada duas horas ou após nadar ou suar excessivamente. Mesmo quando o dia está nublado, até 80% da radiação UV do sol atinge a terra. Por isso, ficar desprotegido em um dia nublado também é prejudicial para a pele.

Categorias